António dos Santos Jorge (* 28.02.1866, + 1923)

António dos Santos Jorge, nascido em Lisboa, em 28 de Fevereiro de 1866, foi o grande promotor da imagem da Herdade de Rio-Frio e do nome Santos Jorge. Podemos notar este fato pela iniciativa de já em 1918/19 ter mandado construir o Palácio de Rio-Frio, em cujos azulejos a figura de realce é o próprio António  Santos Jorge. À continuação vieram as cavalariças, que ostentam nenhuma outra senão a "marca" Santos Jorge, assim como as célebres cocheiras que mandou construir na casa do Estoril. Eram projectos assinados por grandes arquitectos da época, decorados com azulejos assinados por artistas muito conhecidos. Promoveu também a criação em Rio Frio de cavalos puro-sangue inglês, que durante anos disputaram, com sucesso, e com as cores de “Santo Jorge”, as corridas realizadas no Hipódromo de Lisboa, assim como melhorou a ganadaria de Rio Frio, que ostentava o seu ferro.

Casou com sua prima direita Maria Cândida (dos Santos) Lupi dos Santos Jorge com quem teve um filho, Samuel, que contava 26 anos por altura do falecimento de seu pai, em 1923.

[por Miguel Alves Caetano, 29/11/2008]


Foi homenageado em Alcochete com um largo que leva seu nome [CP 2890-022]


 

Ir para a Página Inicial ou para o Quadro Geral